Turnfest Dia 6 – sub20

Mais um dia com um acordar bem cedinho, caras ensonadas, mas que se abrem logo ao pequeno-almoço, quando uma mesa completa passa o tempo a “picar” os colegas, a dizer disparates e a fazer as afirmações mais mirabolantes que terminam sempre na galhofa geral.

Depois, o nosso percurso já conhecido de autocarro e comboios até chegarmos à Messe Berlin. Hoje o nosso momento é no Sommer Garten, palco instalado num bonito jardim do centro de exposições.

Cuidado aturado no treino preparatório, a marcar espaços, a corrigir alinhamentos e coreografias… mais uma vez, Paulo! Édi, atenção à coreografia! A Maria António faz um joelho novo à Laura e vamos aos mortais da Rita e da Mariana… bem! A Matilde insiste em fazer mais um e mais outro salto de mãos, enquanto a Joana desconfia da saúde de uma das meias (!)

E pronto… é agora, …Vasco, tira os óculos de sol! O senhor diz qualquer coisa que se parece com Coimbra… espera e, como ninguém o percebeu, tem que nos vir dar a mão para entrarmos. Temos que melhorar o nosso alemão!

Esquema sempre em ritmo acelerado, como é timbre da classe, olhos bonitos, caras viradas para o público, gestos decididos, um flic, um mortal, um pino, uma aranha, vira mais uma vez e sorriso aberto, porque correu muito bem! Bom! Foi o melhor esquema da nossa semana na Turnfest e já podemos respirar. Bem tinha dito o Rui, que hoje ia ser um esquema sem falhas!

Ida para o centro da cidade, até à East Side Galery, pintada por artistas internacionais, que é um pedaço preservado do muro de Berlim em Friedrichshain, com 1.316 metros, é a maior galeria ao ar livre do mundo, dizem! Fotos da praxe, troca de conhecimentos, contextualização do que se viveu, numa aula de História num local marcante.

Vamos até ao Museu Judaico, onde após um controlo apurado visitámos um bonito espaço, muito bem concebido, nomeadamente na indução de emoções e sentimentos, que nos permitiu alargar um pouco o nosso conhecimento do mundo hebraico.

Já é fim da tarde  e optámos por terminar o dia a percorrer a Kurfürstendamm, uma avenida de lojas daquelas marcas que povoam o nosso imaginário e onde fizemos imensas compras, ou pelo menos planeámos fazê-las… um dia.

Regresso a casa, a que é nossa esta semana, balanço da atividade, planeamento do último dia e principalmente, preparação da nossa participação na Gala do evento.

Hoje foi um bom dia!

Vamos dormir que amanhã vai ser espetacular!

FOTOS

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *