Ouro e 3 finais para a Académica!

Os Trampolins participaram, mais uma vez no Cascais Beach Cup, prova internacional da modalidade organizada pelo Grupo Sportivo de Carcavelos, numa agradável iniciativa, que proporciona um bom momento competitivo a meio do ano.

O horário deste ano permitia a participação por grupos de ginastas, ficando a sexta-feira, para os mais novos, ou seja os Under 10, representados pelo Afonso Roque, Beatriz Castro, Catarina Conceição, Maria Folgado e Maria Monteiro.
Após um cedo madrugar e na companhia dos juízes Leonor Lopes e Miguel Baptista, lá se procedeu à descoberta do pavilhão e ao aquecimento.
E aí vamos nós! Um após outro, olhando para o lado, aprendendo a viver nestes ambientes mais exigentes tivemos a Catarina e a Beatriz com séries regulares, a Maria Miguel com 9 saltos na f1 por receção a 1 pé no meia para de pé e outbounce na f2, enquanto a Maria Beatriz teve 9 saltos na f1 por mãos na tela no …de pé após dorsal. Prova tranquila para as meninas, cumprindo o que se esperava e classificações finais de Beatriz 16º, Catarina 17º, Maria Beatriz 22º e Maria Miguel 37º, em 42 ginastas. Quanto ao ao Afonso, teve que esperar pelo almoço, onde a brincadeira foi o ponto de ordem, antes de voltarmos a concentrar no “trabalho” e neste, ele fez duas séries regulares e obteve a primeira Final para a Académica, onde se classificou em 4º lugar. Boa!
Para o segundo dia, a nossa participação estava limitada à Junior Rita Abrantes, que cumpriu duas séries de elevada dificuldade e lhe permitiu ascender à Final onde viria a ficar em 6º lugar, numa segura entrada neste primeiro ano de escalão. Depois, tínhamos o Trampolim Sincronizado, num regulamento cheio de particularidades, só com uma série, e misturando pares femininos, masculinos e até mistos. No entanto, à Rita e à Margarida Carreiro, da Sociedade Artística Reguenguense, nada as assustou e com uma boa série, sagraram-se vencedoras do evento. Excelente!
Último dia, agora destinado aos 11-12 anos, com o José Rodrigues, a Ana Folgado, Laura Reis e Sofia Loureiro.
Começando com o Zé, tivemos uma boa f1 e melhor nota da série mas na f2 veio para a banquete após o mortal, só fazendo 7 saltos. Foi pena, mas mesmo assim ainda se apurou para a final, onde foi 6º classificado.
Quanto às meninas, observámos séries regulares de todas, somente com uma pequena falha na f2 da Laura, com mãos na tela após o mortal final, que lhes permitiram ser 21ª, Ana João, 25ª, Sofia e 35ª, Laura em 39 ginastas.
Grande participação destes jovens ginastas sempre acompanhadas pela Rita Oliveira, que lhes foi transmitindo a sua experiência.
Venham os nacionais!

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *