Vamos ficar sem o ginásio da Solum!!

No dia 15 de janeiro, fomos informados pela Associação Académica de Coimbra / Organismo Autónomo de Futebol, que aquela entidade decidiu fazer obras no pavilhão Eng. Jorge Anjinho, abrangendo toda a lateral sul, e que o ginásio utilizado pela Secção de Ginástica, desde a construção daquela instalação desportiva, terá que ser desocupado até dia 1 de Março!

Informou ainda que, após a intervenção/obras a efetuar, a área terá outra utilização, portanto a impossibilidade de usar aquele espaço não é pontual mas sim definitiva.

Sendo o pavilhão 2 do Estádio Universitário de Coimbra (EUC) o local principal da nossa atividade, o ginásio na Solum, representa há vários anos, um complemento essencial no desenvolvimento da atividade, que engloba cerca de 550 ginastas (450 nas classes Técnicas e 100 nas classes de Lazer).

Desta forma, a Secção de Ginástica ficou com cerca de 45 dias para encontrar um espaço alternativo para a sua prática, já que a utilização intensa do espaço em causa, já é reflexo da impossibilidade de colocar mais ginastas, mais horas e mais material no EUC.

Tendo já desenvolvido contactos com a Câmara Municipal de Coimbra e a Universidade de Coimbra, no sentido de alertar para a situação, temos igualmente desenvolvido contactos com o meio empresarial, proprietários de naves industriais e instalações similares e o meio escolar, proprietários de espaços desportivos, de forma a que se possa encontrar uma solução com a brevidade que a situação exige.

Se por um lado, o espaço pretendido tem a vantagem de não ter que ser um espaço desportivo, por outro tem a desvantagem de ser necessário ficar permanentemente com o material colocado, face à impossibilidade de o montar diariamente, o que associado à impossibilidade de alugar espaços ao valor de mercado, está a colocar significativas dificuldades na resolução do problema.

Sendo esta uma situação inesperada, seja pelo momento da época, seja pelo caráter definitivo do “despejo”, aguarda a Secção de Ginástica pela tomada de posição da própria Direção Geral e Conselho Desportivo da Associação Académica de Coimbra.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *