Turnfest Dia 4 – sub20

Quarto dia em Berlim, saída bem cedo e algumas trocas de transportes depois, chegámos à Messe e fomos diretamente para o hall 2, sendo possível marcar espaços, treinar elementos e cuidar das costas da Matilde a acusar as noites curtas.

Últimos preparativos e… se podemos ser já porque os anteriores faltaram!? Claro! Foi para isso que viemos, siga. Apresentação bem feita, com presença e onde as falhas mais visíveis foram esquecidas na dinâmica do esquema.

Como este momento previa a análise por um conjunto de especialistas, o que fizemos a seguir foi ouvir essas opiniões com oportunos reparos e sugestões de melhoria. Certo! Vamos tentar fazer como dizem. Obrigado!

Depois a análise interna do que fizemos, com alguns desencontros que também fazem parte do jogo e que servem para crescermos. Saída da apresentação com a confirmação, por parte da organização, de que estaremos na Gala de 6ª feira. Boa! Ah… e as calças do Édi, meticulosamente arranjadas pela Maria António, resistiram ao primeiro embate.

Tal como combinado, o resto do dia foi passado neste centro de exposições que alberga a Turnfest 2017, e serviu para ver apresentações diversas, experimentar áreas de treino e visitar stands de material desportivo, como o da  Spieth que trouxe 25 camiões de material para o evento! De referir as magníficas áreas de desenvolvimento motor e iniciação aos gestos técnicos de base. Uauu!

Pudemos ainda passear pelas áreas onde decorreram os mais diversos tipos de jogos, animações e promoções, sendo possível aprender a velejar em terra, jogar curling em alcatifa, participar num concurso de drible com o Rui a esmagar a concorrência ou descobrir as habilidades do Vasco na parede de escalada. Desculpem, mas não é possível descrever a diversidade e quantidade de atividades a decorrer durante todo o dia, e que caracterizam a Turfest, como algo muito mais alargado do que a atividade gímnica.

Com o final de tarde, voltou a chuva que nos encharcou a todos mas a hora era de ir para o Estádio Olímpico de Berlim para assistirmos à Gala do evento. Noite  vivida com admiração e olhos arregalados tal foi a quantidade de apresentações de enorme qualidade, muitas vezes com carácter inovador e que nos proporcionaram um espetáculo de singular valor.

Desde paraquedistas, grandes superfícies com 600 ginastas, bateristas a desafiarem a gravidade, ou o desfile das equipas olímpicas alemãs de tudo houve, como até a presença da chanceler Angela Merkel, bem demonstrativa da relevância do evento.

Mais um dia e mais um sorriso. Até amanhã.

FOTOS

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *