CMGI TR 2021 – DIA 7

Segundo dia de competição sendo a rotina a mesma, de ir cedo para o pavilhão e acompanhar a prova da nossa equipa, hoje com Finais asseguradas em DMT 11-12, face ao reduzido número de inscritos, enquanto a Leonor fazia o seu tratamento diário, com a fisioterapeuta.

Para o nosso grupo, as atenções estavam centradas no par de Trampolim Sincronizado, do Francisco e do André, ginasta do Ginásio Clube Vilacondense, que nestes momentos, também é nosso.

E assim, foi ao final da manhã que eles fizeram o seu último aquecimento, por vezes com pequenas falhas, mas a deixar uma sensação positiva, principalmente porque a última série saiu impecável.

Da bancada, vimo-los a entrar, confiantes e a aguardar pelo seu momento, seguido dos saltos de aquecimento, que também saíram sólidos e agora vamos para a prova.

Eles são os últimos do grupo 1, o que permitiu assistir a pares com boas execuções mas também a algumas falhas, como faz parte do nosso desporto.

E é agora! Saltos iniciais bem coordenados e executados, mas a dúvida está no final da série, onde metem os múltiplos e desacertam a altura com alguma frequência, mas… estão bem, continuam bem sincronizados, falta o duplo encarpado… já está! Extensão e ohhh….., o Francisco veio para a banquete. No final do salto, não conseguiu segurar a extensão final… que pena.

Série excelente do par, de que se devem orgulhar, sendo que estas e outras falhas pertencem à competição e não podemos esperar que só os outros as tenham. Não existem ses e o Francisco e o André devem estar contentes com o seu 10º lugar. Boa prova.

Resto do dia a assistir às Finais com portugueses, nomeadamente a de DMT, 11-12 com medalha de bronze para a Anna Odiani e Trampolim Individual, 15-16, com o Gabriel Albuquerque a conseguir o título Mundial!!

Regresso ao Hotel, onde se realizou uma reunião com o Chefe de delegação, Treinador nacional, Leonor, Margarida, seu par de Sincronizado e os respetivos treinadores. Face à opinião clínica que nos foi transmitida, corroborada pelas sensações que a própria Leonor verbaliza, constatou-se a impossibilidade de ela se apresentar em prova, mesmo que fosse com uma série adaptada. Momento ingrato para quem é ginasta, e acalenta o desejo de participar numa prova mundial e quando esse objetivo vai ser alcançado, uma lesão, a uma semana da competição, vem deitar tudo por terra. É assim, nada a fazer. Resta recuperar e voltar a perseguir a possibilidade de se estear nestes palcos. Queixo para cima, Ló, à ginasta!

Hoje, volta a ser dia do Francisco, agora em Duplo Mini-trampolim. Como estamos no Azerbaijão, o mais indicado será “Dá-lhe gás Francisco!”

Site do evento: https://agf.az/en/competitions/the-fig-trampoline-gymnastics-129738

A competição pode ser seguida através da ligação: https://gymtv.online/user/playlist/

Os resultados, em direto, podem ser acompanhados em: https://gymtv.online/user/ranking/

A nossa competição é:

Sábado, dia 27

– Francisco Reis – DMT – 13-14 – grupo 1 – 09:20 (hora portuguesa) – 2 séries

Domingo, dia 28

– Matilde Almeida – DMT – 15-16 – grupo 1 – 06:35 (hora portuguesa) – 2 séries

Resultados Trampolim Sincronizado: http://aacginastica.pt/wp-content/uploads/2021/11/AG-2-TRA-Mens-Synchronized-Qualification-AllAroundResultsSyn.pdf

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *